Canguru Sem Fronteiras 2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Canguru, nem uma palavra até ao dia 20 de Abril. Se as Provas eram bonitas ou fáceis ou então feias e difíceis, já sabem… nem uma palavra.

Mas a gente vai só contar como estavam os nossos alunos, ou melhor, os neurónios dos nossos alunos, pode ser?

Contou-nos uma professora que leu um artigo científico e que este dizia:

sempre que fazemos grandes esforços, na tentativa de resolver problemas, queimamos neurónios…

Ficámos de imediato preocupados! Estariam os nossos participantes dispostos a verem queimados os seus neurónios?! A resolverem aquelas provas com 30 problemas, mas que sobre elas, nem uma palavra. Como seria?! Que neurónios restariam para a resolução dos problemas de Matemática das aulas de amanhã?!

Entre as 14h30 e as 16h00 assistiu-se à tal combustão de neurónios. Os nossos alunos Benjamins e alguns outros, mas estes Cadetes queimaram bastantes neurónios.  Mas não haja qualquer preocupação. Os neurónios então desintegrados foram aqueles que sempre viveram encostados às boxes… e deixaram espaço para neurónios fresquinhos e cheios de potencial. Amanhã, qualquer problema será facilmente resolvido e lá se irá outro neurónio, dos tais, para o ECOPONTO

A equipa do PM agradece até ao , aos professores Albertina Tavares, Isaura Couto, Cândida Novais e João Carvalho todo o apoio dado!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s